A Casa da Baía e a SESIBAL convidaram a UNISETI para que a sua Turma de Renda de Bilros participasse numa acção voluntária de cariz cultural e social, no GreenFest, no passado dia 26 de Setembro, no Estoril.

O Greenfest é um evento que promove a sustentabilidade em Portugal nos domínios ambiental, social e económico, lançando neste ano de 2012 o tema Empreendedorismo. A ideia foi promover a dinamização de saberes, cultura e história da vida piscatória e conserveira, através da mostra das conservas. Perspectivaram-se temáticas do contexto piscatório, hábitos e costumes típicos de Setúbal, como a renda de bilros, a qual permitiu promover e proporcionar aos visitantes conhecerem a relevância da pesca e da indústria conserveira para a história local, social e artística que , em simultâneo, representam um património material e imaterial singular.

 

 

Esta acção mereceu o reconhecimento da organização:

Venho por este meio agradecer a receptividade da V/Instituição, bem como a simpatia e prontidão com que nos ajudaram na mostra da Renda de Bilros de Setúbal, no evento da passada quarta-feira, 27 de Setembro de 2012, que decorreu no Estoril.

Foi uma honra conhecer as senhoras Beatriz, Isabel e Madalena (penso que a minha memória está a atraiçoar-me) que muito me explicaram e ensinaram sobre as rendas. Garanto também que as pessoas que passavam e viam as rendilheiras a trabalhar, aproximavam-se para apreciar o que ali faziam.

Espero que este seja o primeiro de muitos passos para que Setúbal volte a dar valor às Rendas de Bilros, e que nunca morra este património cultural imaterial.

Um bem haja à UNISETI, e que continuem sempre com boa-disposição e ambição na aprendizagem.

Com os meus melhores cumprimentos,

Ana Patrícia Oliveira